Quando estamos vivendo um dia estressante o que menos nos preocupa são os alimentos que integrarão nossas refeições.

Nessas situações a alimentação parece deprimente e enfadonha porque nossa cuca está em outro lugar.

No entanto, a ingestão de hortifrutigranjeiros oferece ingredientes valiosos para promover nosso bem-estar físico e, principalmente, mental. Portanto, justamente nos dias mais difíceis a alimentação deve ser melhor pensada.

Então, segue algumas dicas para ajudar você a “usar” a comida em seu próprio benefício, principalmente nos dias angustiantes:

 

As mudanças devem ser gradativas

Abandonar de uma hora para outra pães e batatas pode ser muito impactante se esses ingredientes fazem parte da sua rotina alimentar. Ou seja, no primeiro dia diminua a quantidade de pão, no segundo, saboreie um pedaço de couve-flor assada ao invés de batata. Novos hábitos exigem tempo e dedicação, portanto, devagar e sempre, certo!

Foco no sabor

Você pode não acreditar, mas alimentos saudáveis são muito mais do que meros nutrientes e vitaminas, são, na verdade, muito saborosos e coloridos. Faça da sua refeição uma experiência sensorial, nem que para isso seja necessário acrescentar ervas aromáticas, molhos picantes ou temperos diversos. Criatividade!

Planeje com antecedência

Você já deve ter ouvido falar que não devemos ir ao supermercado quando estamos com fome, pois a compra de guloseimas e os excessos irão, invariavelmente, acontecer. O mesmo raciocínio deve ser adotado em relação à refeição. O preparo com antecedência nos impede de cometer exageros na quantidade e assim, naturalmente, comeremos menos.

Bom senso e responsabilidade com a alimentação são atitudes que colocarão sua saúde em outro patamar. Que tal viver essa experiência?

Bom apetite!


Publicado em 22/03/2021 Autora: Patricia De Conti - Copyright ©

Conheça o site: Obstetra Curitiba
Site Desenvolvido por Águia Web - Criação de sites
Clique aqui para ter um site com qualidade e resultados!