Na rotina diária, compor looks que circulem bem entre o ambiente de trabalho e as demais atividades do dia, nem sempre é tarefa fácil.

Quem nunca saiu do trabalho tendo que circular pelo supermercado ou se estender a um aniversário infantil?!

Existem empresas que desenvolvem seu próprio dress-code, aí não tem outra solução. Você deve seguir a regra e fim.

Outras corporações, por exemplo, e isso depende da sua profissão, são mais maleáveis e permitem que você use peças mais descontraídas ou despojadas.

Independente da situação existe uma razoável variedade de peças “coringa” que podem ser adaptadas aos mais diversos tipos de situação.

 

1. BLAZER

A peça confere elegância a qualquer look, além de ser super adaptável a outras peças. Com calça de alfaiataria ou jeans, não tem erro; associado a camisas bem cortadas ou a camisetas vintage, tudo certo; com saias ou vestidos fluídos ficam perfeitos naqueles finais de tarde!

Vale o investimento em uma peça preta ou branca!

Dica de ouro: atenção ao corte da peça, os ombros devem estar perfeitamente no lugar e os modelos mais alongados disfarçam volumes na região do abdômen e quadril.

 

2. CALÇAS DE ALFAIATARIA

As calças de alfaiataria, de diversas modelagens, são super adaptáveis. A partir dos acessórios você deixa o look mais despojado ou ultra formal.

Dica de ouro: a calça de alfaiataria pode muito bem ser substituída por um jeans reto, com a cintura mais alta. Para ambientes corporativos, os acessórios exigem mais sobriedade!

 

3. CAMISAS

A camisa dá um toque elegante a qualquer look. Ela te leva ao trabalho ou a um evento social, vai depender das combinações e dos acessórios. As moçoilas mais jovens ou quem está em paz com o corpinho pode usá-las amarradas ou com os ombros caídos.

Dica de ouro: o look fica super cool se a camisa estiver sobreposta a tops ou regatas!

 

4. VESTIDOS

Alternativa para fugir do combo calça + camisa ou saia + camisa! Como a variedade é infinita, procure adaptar o modelo ao seu estilo e silhueta.

Dica de ouro: fica atenta ao comprimento em ambientes corporativos!

 

5. SAIAS

A saia é uma peça clássica quando se pensa em ambientes profissionais. O modelo “lápis” é um clássico, tem ultrapassado gerações justamente porque confere elegância e poder.

Os modelos são: evasé, baloné, plissada, godê, curta, reta, rodada e por aí vai!

Curiosidade: foi a estilista Mary Quant a responsável por ousar e criar a primeira minissaia. Isso lá na década de 60. De lá pra cá, a saia passou por muitas transformações, mas a tendência permanece sempre a mesma. O que muda são os tecidos, cores, cortes e fendas.

Dica de ouro: as pernocas devem estar “em dia”, não é Chiquinhas!?


Publicado em 07/01/2020 Autora: Patricia De Conti - Copyright ©

Conheça o site: Obstetra Curitiba
Site Desenvolvido por Águia Web - Criação de sites
Clique aqui para ter um site com qualidade e resultados!