Tratamentos a base de plantas remontam a milhares de anos e trazem, de fato, grandes benefícios à saúde.

Os óleos essenciais são substâncias sintetizadas, armazenadas e liberadas pelas plantas e são obtidos por meio de técnicas de extração, como prensagem a frio e diferentes tipos de destilação. São comumente utilizados para promover bem-estar físico e emocional. Dependendo da experiência e dos benefícios almejados, podem ser usados sozinhos ou em misturas complexas.

Com a proximidade do inverno nosso sistema imunológico merece um reforço. Estresse, ansiedade e todos os problemas que foram acentuados com a pandemia de Covid-19 também podem ser minimizados com a ajuda de terapias alternativas para restabelecer o bem-estar.

 

Os óleos são naturais, livres de químicos e, por isso, também uma ótima opção para quem não quer fazer uso da cosmética tradicional (com produtos que, normalmente, apresentam fragrâncias, parabenos e outros itens potencialmente nocivos à saúde e ao meio ambiente).  

Mas, um esclarecimento importante: os óleos essenciais não são cura e não podem, de forma alguma, substituir tratamentos de saúde convencionais, no entanto, são valiosos aliados devido aos inúmeros benefícios que vão desde a melhora do sono até o alívio da tensão depois de um dia atribulado.

Como usar os óleos essenciais

Defina primeiro a intenção, em seguida coloque uma gota no centro da palma das mãos, esfregue-as uma na outra, leve-as próximo à face e inale. Outras opções: aplicação tópica; algumas gotas de uma mistura relaxante no banho; perfumar um ambiente com a ajuda de um difusor de óleo (hortelã-pimenta pontilhada no ambiente pode ajudar a aliviar dores de cabeça).

Conheça alguns óleos e seus benefícios

Menta: refrescante, melhora o hálito bucal. Esse óleo essencial também alivia náuseas e outros problemas digestivos, coceiras e restaura músculos cansados, graças ao mentol. Tensões pré-menstruais, dores de garganta e de cabeça e problemas de concentração também estão na lista dos benefícios. Sugestão: em casos de congestão nasal, acrescente umas gotas desse óleo essencial em uma bacia com água quente e inale o vapor. Revigorante!

Lavanda: é tão "gentil" que é um dos poucos que pode ser usado diretamente na pele sem diluição anterior. Como poderoso bactericida, está presente na composição de produtos de limpeza e cosméticos naturais e, como a menta, ajuda em condições digestivas e dores de cabeça, pois seu odor suave acalma o sistema nervoso. Melhora a qualidade do sono, promove alívio das dores nas articulações, distúrbios urinários e respiratórios; auxilia no combate à acne e à pressão alta. A lavanda francesa proporciona a diminuição da ansiedade e auxilia no relaxamento físico e mental, ideal para esses tempos de confinamento.

Gerânio: também ajuda na tensão pré-menstrual, além de possuir propriedades adstringentes, que refrescam a pele. É hemostático, ou seja, alivia inflamações e é coagulante. Adequado para peles oleosas e acneicas. Na indústria do skincare é utilizado em produtos/tratamentos para redução de cicatrizes e imperfeições, linhas de expressão e rugas.

Gergelim: esse óleo é um poderoso hidratante, vem sendo recomendado para uso em pele e cabelos, mas seus benefícios não são apenas cosméticos: possui leve fator de proteção solar e ácidos graxos que diminuem a pressão sanguínea e o estresse.

Rosa: preferidos dos aromaterapeutas, o óleo de rosa é largamente utilizado na confecção de perfumes. Os melhores óleos de rosa são produzidos na Bulgária e na Turquia.  É o óleo essencial perfeito para mulheres, pois ajuda a equilibrar os hormônios, colaborando nas fases de TPM e menopausa, além de melhorar a aparência da pele.

Cravo: indicado para problemas dentários, como inflamações nas gengivas e mau hálito. Também é antisséptico, e quando diluído, pode tratar picadas de insetos, cortes e raspões. Aliado no tratamento de dores de ouvido, de estômago, de cabeça e congestão nasal. É afrodisíaco.

Erva-cidreira: esse o óleo é repleto de benefícios. Antidepressivo, ajuda no funcionamento do sistema nervoso, favorecendo quadros de ansiedades e inflamações, combate insônia, alivia úlceras e infecções bacterianas, trata herpes, dores de cabeça e pressão alta.

Se você é iniciante, sugiro que comece devagar e com o essencial: uma flor que melhora o humor, como lavanda; uma resina ou raiz relaxante, como o cedro ou vetiver; ou um perfume estimulante, como hortelã-pimenta, manjericão ou alecrim.

Os óleos essenciais estão disponíveis em lojas de aromaterapia!  


Publicado em 26/05/2020 Autora: Patricia De Conti - Copyright ©

Conheça o site: Obstetra Curitiba
Site Desenvolvido por Águia Web - Criação de sites
Clique aqui para ter um site com qualidade e resultados!